Os Encantos do Mar - pt.2

/
1 Comments
Olá pessoas! Como vão as férias? O post de hoje é a segunda parte de Os Encantos do Mar (clique aqui para ver a parte 1) e, resumindo, são coisinhas que às vezes não percebemos (ou não conhecemos) que eu encontrei pelas praias, sem contar na importância desses pequeninhos (e nada populares) seres vivos.

Essa foi a segunda vez que visitei a Coroa quando a maré baixou e encontrei mais bichinhos interessantes e diferentes (ôh gente, vocês não sabem o quanto isso me faz feliz).


Urubu aproveitando a carniça dos peixes por causa da maré baixa.


Outros Caranguejos-eremitas ("outros" pois encontrei mais no primeiro post), esses eram coloridos e um se abrigava em uma concha diferente.




Esses são ninhos de eremitas, nunca tinha visto um. Tinham vários sobre algas, acho que assim eles conseguem mais fácil o seu alimento.




O Ouriço-do-Mar, é dócil como o eremita. Tirei as duas fotos pra mostrar pra vocês como ele andou na minha mão. A boca do ouriço fica para baixo e ele anda movendo seus espinhos. Ele não machuca (por querer), porém se pisar nos espinhos dele....



Outro Ouriço, mas dessa vez maior.


Carapaça de um Caranguejo bem laranjinha. 


Corais.


Conchas fechadas e com molusco dentro.


Búzio carregando uma Anêmona-do-mar. Essa é uma relação de protocooperação, em que ambos se beneficiam, a anêmona se locomovendo junto com o búzio e encontrando alimento, e o búzio escapando de alguns predadores por conta da anêmona (que libera substâncias urticantes).



Estava fotografando e um eremita subiu no meu pé. (aquela musiquinha da Eliana)


Conchinhas. Ambas parecem de mentira (ou pintadas a mão). A natureza é perfeita!



Esse é o Baiacu sem estar inchado! Ele é MUITO fofo nadando. Observei algo diferente na água e logo que avisei pra minha mãe, ela conseguiu pega-lo. Eu nunca tinha visto um baiacu assim, parece de desenho animado. Ele não inchou pois não viu perigo conosco.



Conchas de coloração diferentes. 


Lesma-Do-Mar! É, literalmente uma lesma (enorme) e muito fofa! A tratamos com muito carinho (assim como todos os bichinhos), mas não conseguimos fazer ela nadar. Ela abre “asas” e é como uma borboleta na água. Queria filmar pra vocês, mas não sei por que ela não se abriu, talvez estivesse cansada, dormindo ou doentinha.



Ahh isso são ovos! Ainda não descobri de quê, mas geralmente essa vegetação abriga Cavalos-Marinhos e esses ovos me deixaram muito, muito feliz e esperançosa de encontrar esse bichinho por essas águas! Seria um sinal mais que ótimo de que a praia ainda tem chance de ser recuperada, até por que nela descem vários esgotos e é até imprópria para banho (e o pessoal que freqüenta também não é muito educado). 


Beijos e até o próximo post! <3

- Snap: hkrauelschmitt

- Page do Blog: Blog Menina Borboleta

- Instagram: hkrauelschmitt

- Facebook: Helena Krauel Schmitt






You may also like

Um comentário:

  1. No Espírito Santo tem umas praias que são lotadas desses ouriços. Tenho vontade de pegar um, mas morro de medo de acabar machucando, por não saber manuseá-los. E gente.. como tem tanto bichinho "perdido" mar a dentro que a gente nem imagina... ^^
    Fiquei encantada. Só não teria coragem de pegar a lesma (porque sou fresca mesmo...rs)
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir